Presidente da Câmara recebe Comissão de Controle de Gastos Públicos da OAB/Diadema

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa fevereiro 26, 2014 08:28

Presidente da Câmara recebe Comissão de Controle de Gastos Públicos da OAB/Diadema

foto: Wilson de Sá

foto: Wilson de Sá

Criada recentemente pela Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Diadema (OAB/Diadema), membros da Comissão de Controle dos Gastos Públicos (CCGP) da entidade estiveram na manhã desta terça-feira na Câmara de Diadema para conversar com o presidente da Casa, vereador Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT) e com o secretário de Assuntos Jurídicos Airton Germano. O objetivo do encontro foi informar à Casa que a primeira ação da comissão será pedir informações sobre a atualização do Portal da Transparência da Câmara.

De acordo com Maninho, a ação é mais que positiva e vai de encontro ao que a Câmara vem praticando quando o assunto é transparência em suas contas. “É de meu interesse, como presidente, que haja o máximo de transparência em tudo o que se faz aqui no legislativo”, disse.

De acordo com advogado Edivaldo Lubeck, que ficará à frente da Comissão, a OAB de Diadema está seguindo uma orientação do conselho federal da entidade. “Vamos trabalhar em conjunto com a sociedade civil organizada, como o Rotary, os sindicatos, associações etc”, explicou Lubeck.

No centro de trabalho da CCGP está a Lei de Acesso à Informação e a Lei da Transparência. E a primeira ação do grupo será encaminhar ofício à Câmara para saber informações dos gastos da Casa. “É importante saber quanto a Câmara recebe de dinheiro público e o que está sendo feito com esses recursos”, completou a presidente da OAB, Marilza Nagasawa. “O que estiver ao nosso alcance prestaremos toda e qualquer informação que for preciso”, disse Maninho. “Queremos que Diadema seja um marco de transparência dos gastos públicos”, finalizou.

Ainda sem data definida, a Câmara e a OAB realizarão uma audiência pública para discutir o assunto e buscar alternativas para que a transparência nos gastos governamentais seja uma obrigação natural e não imposta por lei.

A Comissão de Controle dos Gastos Públicos da OAB/Diadema é formada pelos advogados Drs. Edivaldo Lubeck, Arnaldo Henrique Bannitz, Edmária Veríssimo Paulo, Maria Aparecida Tijiwa, Ricardo André Barros de Moraes, Mayra Mota Cruz e Claudio de Miranda Gonçalves.

Participou do encontro também o vereador Josemundo Dário Queiróz, o Josa (PT).

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa fevereiro 26, 2014 08:28
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*