OAB de Diadema realiza palestra sobre os princípios do direito penal

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa outubro 25, 2013 10:02

OAB de Diadema realiza palestra sobre os princípios do direito penal

Palestra OAB Diadema

Diretoria da OAB de Diadema ao lado do deputado Fernando Capez

A 62ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Diadema realizou, nesta quarta-feira (23), palestra sobre “Os Princípios Constitucionais do Direito Penal”, ministrada pelo deputado estadual Fernando Capez. Ao todo, mais de 200 pessoas estiveram no encontro que reuniu, além da diretoria da Subseção, advogados inscritos na comarca e alunos da União Nacional das Instituições de Ensino Superior Privadas (UNIESP) / Faculdade de Diadema (FAD). A palestra foi ministrada no Salão Vermelho do complexo universitário e contou com transmissão ao vivo para um grupo de alunos que acompanhou a palestra no auditório ao lado.

Com um tom descontraído que deixou o público a vontade, Capez discorreu sobre o direito penal focado nas mudanças constitucionais, de forma moderna e dinâmica. “Não basta que um fato encontre correspondência numa norma penal incriminadora, exigindo-se também que este mesmo fato seja materialmente típico, de acordo com princípios que devem nortear o aplicador da lei”, avaliou.

No fim do encontro, o palestrante recebeu um certificado de participação das mãos da presidente da OAB de Diadema, doutora Marilza Nagasawa. “A palestra foi extremamente importante, eis que passou conhecimentos técnicos sobre a área, atraves de exemplos praticos e dinamismo, tudo do ponto de vista de um profissional renomado e respeitado”, afirmou a presidente.

Em agradecimento à homenagem, Capez deixou seu mandato à disposição de todos que participaram da palestra e aproveitou para passar um conselho aos alunos da UNIESP/FAD. “Se alguém quer vencer, é preciso fixar uma meta. Sem objetivo, ninguém chega lugar algum. Seja persistente, porque na vida só não vence quem desiste”, orientou o deputado.

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa outubro 25, 2013 10:02
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*