OAB de Diadema realiza curso de Promotoras Legais Populares

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa março 26, 2013 11:21

12/03/2013

A 62ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Diadema, por meio da Comissão da Mulher Advogada, está ministrando o curso Promotoras Legais Populares (PLP), que tem como principal objetivo capacitar as mulheres no funcionamento da Justiça, através de noções gerais de leis e também sobre os Direitos Humanos. Em sua nona edição, a função básica de uma PLP é orientar, apoiar e encaminhar mulheres vítimas de algum tipo de violência a qualquer serviço público na cidade que prestam atendimento às vítimas.

Até o momento, mais de 450 mulheres já foram capacitas a atuar em suas comunidades estimulando as pessoas a observar deveres e a exercer seus direitos de cidadania. Neste ano, quase 50 moradoras de Diadema se inscreveram para participar das palestras que são ministradas todas às terças-feiras, às 14h, com duração de cinco meses.

Para a presidente da OAB de Diadema, Marilza Nagasawa, as mulheres que participam do curso, antes de sair para aplicar o que aprenderam e ajudar outras mulheres, também se fortalecem e acreditam em seu potencial para quebrar a barreira do preconceito. “Sempre digo às participantes sobre a necessidade de ser uma promotora e também da importância em deixar o preconceito. Enfatizo que, como única presidente mulher da OAB em todo o ABC, pretendo atuar cada vez mais em favor das mulheres de Diadema”, destacou.

Qualquer moradora de Diadema pode participar do curso Promotoras Legais Populares (PLP). Basta se dirigir à Casa do Advogado (Rua Professor Evandro Caiafa Esquível, 117, Centro – próximo ao Shopping Praça da Moça), das 9h às 16h, ou no dia do curso e realizar a inscrição.

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa março 26, 2013 11:21
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*