OAB de Diadema participa do XXXV Colégio de Presidentes das Subseções

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa outubro 22, 2013 22:54

OAB de Diadema participa do XXXV Colégio de Presidentes das Subseções

Doutora Marilza Nagasawa ao lado de presidentes de outras subseções

Doutora Marilza Nagasawa ao lado de presidentes de outras subseções

A presidente da 62ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Diadema, doutora Marilza Nagasawa, participou, entre os dias 17 e 20, do XXXV Colégio de Presidentes das Subseções, maior encontro da advocacia paulista. Realizado em Atibaia, o principal objetivo foi o de fortalecer os laços de união da classe e também o debate das principais questões que mobilizam os advogados atualmente. Os painéis do encontro incluíram processo judicial eletrônico, prerrogativas profissionais, o novo Convênio de Assistência Judiciária, Ética e honorários, Perspectivas futuras da profissão, entre outros temas.

“O encontro foi de extrema importância para que possamos debater as principais questões que envolvem os advogados. É uma forma de mantermos nossa classe ainda mais unida, porque são temas constantes no dia a dia de todos os advogados. Um encontro que, sem dúvida, marcou a gestão dos advogados comprometidos com a classe em busca de soluções para o cotidiano”, afirmou doutora Marilza.

O encontro também foi um espaço para encontrar soluções para demandas regionais, uma vez que estavam presentes os presidentes das mais de 226 Subseções que a OAB espalhadas na capital, no litoral e no interior. Durante o evento, também houve a entrega de certificados ISO 9001 (Gestão da Qualidade) às Subseções que foram credenciadas neste ano de 2013, fato que é reflexo da política descentralização da administração da OAB de São Paulo. O evento também contou com a presença do governador do Estado, Geraldo Alckmin.

Além disso, no final dos trabalhos, no domingo (20), foi divulgada a “Carta de Atibaia”, documento que reuniu as principais conclusões dos debates realizados. Entre elas, repúdio à adoção de medidas que envolvam o exercício da advocacia, adotadas pelos Tribunais, sem que haja interlocução prévia com a advocacia. “A Carta de Atibaia espelha posicionamentos sobre os assuntos mais relevantes no atual momento da advocacia, extraídos dos painéis que ocorreram durante o Colégio, com a participação dos presidentes de nossas subseções, nossos conselheiros e os diretores da OABSP e da CAASP”, afirmou o Presidente da OAB de São Paulo, Marcos da Costa.

Assessoria de Imprensa
Por Assessoria de Imprensa outubro 22, 2013 22:54
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*