NOTA DE REPÚDIO

Administração
Por Administração agosto 8, 2018 11:46

NOTA DE REPÚDIOA 62ª. Subseção da OAB/Diadema, por sua presidente e Comissão da Mulher Advogada, vem a publico para manifestar seu veemente repudio ao fato ocorrido no ultimo sábado, dia 04 de agosto, na V. Olinda, Diadema, SP, onde a pre candidata a deputada Federal, Regina Gonçalves foi hostilizada por frequentador de um bar, enquanto caminhava e conversava com os transeuntes.

Ao adentrar no bar, para conversar com o individuo, percebeu que estava sendo filmada, porém não se intimidou, continuou a falar com serenidade e educação.

Qual não foi sua surpresa quando tomou conhecimento de que, o vídeo com sua fala, havia sido exposto em grupos de whatsapp, onde através de comentários de homens já identificados, foi exposta a toda sorte de comentários machistas, palavras de baixo calão, termos chulos e baixo nível, bem como ameaça contra sua vida.

A OAB Diadema, através de sua Comissão da Mulher Advogada, sempre presente e atuante na defesa pela preservação dos Direitos das Mulheres, se depara, com frequência com atitudes de diversos segmentos que reforçam o comportamento abusivo, violento e discriminatório com relação á mulher e ignoram esforços históricos de nossa luta no sentido de preservar o nosso direito e dignidade, que tanto sofremos junto ao comportamento opressivo, não apenas dos atores masculinosmas muitas vezes por parte da mídia e de grande parte da sociedade.

A opressão e o constrangimento não deveriam fazer parte da vida das mulheres e as atingirem em todas as gerações. É responsabilidade de todos nós coibirmos práticas que exponham as mulheres e as objetifiquem, reduzindo-as aos seus corpos. O abuso foi covarde e humilhante, atingindo todas as mulheres de Diadema, na busca pelo seu direito de ir e vir, em especial uma pessoa publica, como Regina Gonçalves.

A todo instante, as mulheres são banalizadas e assediadas na internet, nas ruas, na mídia, como o caso em questão, onde as providências cabíveis já foram tomadas, visando a identificação e punição dos responsáveis.

 

MarilzaNagasawa

Presidente OAB/Diadema

 

Celia Aparecida Lisboa

Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB/Diadema

Administração
Por Administração agosto 8, 2018 11:46
Escrever um comentário

sem comentários

Ainda não há comentários!

Deixe-me lhe contar uma história triste! Não existem comentários ainda, mas você pode ser primeiro a comentar este artigo.

Escrever um comentário
Ver comentários

Escrever um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*